segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Farsa


Ah, essa falsa felicidade
Esse falso brilho no olhar
Esse falso sorriso estampado no rosto...
Ah, essa falsa gargalhada
Essa falsa vontade de viver
Essa falsa motivação...
Ah, esse falso encantamento
Essas falsas brincadeiras
Essa falsa piada...
Ah, esse verdadeiro coração
Que falsamente finge felicidade
Na enorme multidão de sorrisos.
Caroline

11 comentários:

Drêycka disse...

muito lindo seu texto!

bjs

Menina Nina disse...

Essas palavras são suas?

O do post passado foi lindo, esse tbm!!

Parabéns!

Luíza Maria Hollanda de Mello disse...

perfeito

Pelos caminhos da vida. disse...

Dentro de uma realidade mesmo.

beijooo.

Fernanda Cozendey disse...

e todo mundo vive;

Tata disse...

EEEE!!!!!

Adorei o blog!!!!!

O texto MASTER verdadeiro!!!

bjinhos

Livia Queiroz disse...

Uauuuuuuuuu

Ki lindo...
Bela FARSA hehehe
adorei!

P.S.: Sim somos cruééééis, obrigada pelo comentário

bj

Amanda Marina ♥ disse...

Ual O.O
Eu tenho uma amiga blogueira poeta!
Muito legal! Seus textos-poemas são ótimos! Parabéns!

Beijoos*

Pelos caminhos da vida. disse...

Voltei!!!

Tem selinho pra vc amiga.

beijooo.

Sammyra Santana disse...

Putz, Carol!
Fechou o post arrasando!
Verdadeiro coração que finge felicidade nessa multidão de (alguns tb falsos) sorrisos, viu?
Agora lembrei de Pessoa:
"O poeta é um fingidor
finge tão completamente
que chega a fingir que é dor
a dor que deveras sente"...
Eu sou igualzinha a ele! hihihi
Beijo, flor

Pelos caminhos da vida. disse...

Voltei!!!

Outro selinho la pra vc.

beijooo.